Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como não falar de amor?


Como eu poderia falar de coisas sublimes, se o mundo ao meu redor vive em guerra? Como eu poderia  falar de amor se nem todo o amor que mora no meu peito, ronda por onde ando, se nem todo o amor que acredito existe no mundo real...
Parece utopia eu me fechar no meu mundo e cantar a beleza do meu amar, quando o mundo anda em desamor...
Mesmo que eu derrame todo o amor que há em mim, não terei inundado senão o meu chão...nem contaminar as pessoas que comigo divido espaços...talvez consiga...mesmo assim eu não penso em desistir...
Mas como falar de amor se o sentimento contrário tenta me engolir a todo instante? Se campeia ao meu derredor como um anjo contrário, que quer fazer morada à minha volta, e me choca todos os dias, mostrando suas presas agudas?
Como falar de amor se os corações estão ficando embrutecidos pela violência...se a banalização da frieza está estampada na alma das pessoas...é como semear em terra árida...
Não permita, Senhor, que o meu manacial de amor seque...que eu embruteça...Ah não permita Senhor que eu seja vencida pelo desafeto e me torne tão seca a ponto de não mais me sensibilizar com palavras, com gestos...com o meu semelhante...
Que eu nunca me canse de doar o que transborda em mim...e que nunca confundam excesso de amor com falta de senso crítico, com excesso de tolerância...
Como não falar de amor, se o que mais falta nesse mundo é exatamente amor...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 18/07/2005
Código do texto: T35338

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55638 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:19)
Angélica Teresa Almstadter