Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diferente

Mundo que não é meu,
Medo sim, sempre foi.
Fugas, atrasos, relógios quebrados,
Olhares perdidos na distância e no tempo.

Tempo que não me viu passar.
Mas eu passei tantas vezes
Pelos mesmos lugares,
Mas eu mirei tantas vezes
Nos mesmos olhares,
Mas eu disse tantas vezes
As mesmas frases,
Mas eu sumi tantas vezes
Como quem deixa lares.

Lares não enluarados,
Sem ânima, sem a criação, sem a
preservação.
Fuga louca: mera covardia do homem.
Hoje não compartilho:
Quero tentar o diferente!
Artista Multiface
Enviado por Artista Multiface em 11/08/2005
Código do texto: T41841
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Artista Multiface
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
11 textos (746 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 05:59)
Artista Multiface