Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À MINHA ESPERA - 1ª PARTE

À MINHA ESPERA...

A estrada se bifurca à minha frente, mais uma vez, só que agora é diferente, a situação... posso seguir por qual delas quiser!
Tenho livre arbítrio para decidir, e
esta decisão que agora se apresenta, é a mais fácil de todas as que já tive que tomar, pois é fruto de uma outra, radical: o abandono do mundo restrito em que eu vivia, cercada por uma redoma, ou, quem sabe, por muralhas inexpugnáveis, coberta de trevas... e também eu era apenas um vulto sombrio, entre elas...
Arranquei a venda dos meus olhos e o Sol quase cegou - me com o dourado do seu brilho... lenta, mas seguramente, galguei as duras paredes  que me separavam do mundo... com passos ainda inseguros, ensaiei minha caminhada para o desconhecido que me aguardava; a descoberta não poderia ter sido mais feliz... pássaros coloridos me receberam com seus trinados, o arvoredo entoou uma música celestial, tangido pelo vento fresco que esvoaçava em meus cabelos... as flores ressumaram seus mais fragrantes perfumes, para me envolver, cercada por beija - flores coloridos e esvoaçantes, como as pétalas que delas se desprendiam...
sentei - me aos pés de uma árvore e, gozando de sua sombra, teci, para mim, uma guirlanda de flores silvestres, coloridas e perfumadas,
Arianne Evans
Enviado por Arianne Evans em 13/08/2005
Código do texto: T42396
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arianne Evans
Curitiba - Paraná - Brasil, 66 anos
695 textos (57328 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:59)
Arianne Evans