Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEIS DO DESTINO

        Vez ou outra somos pegos no contra-pé, desprevenidos e despreparados. Como se o destino quisesse testar a nossa fé. Surpreendidos ficamos, alguns até desesperados. Mas qual razão disso? Quando tudo parecia andar tranqüilamente como as águas de um rio sem muitas agitações, sem quedas d’água por perto e de repente um enorme chacoalho.

O Destino não quer que nós nos acomodemos
Quer ele que lutemos
Pra que a nossa vitória
Seja justa e honrosa
Aprazível e gostosa
Para que nunca mais nos esqueçamos. Afinal que graça teria se a vitória viesse sem ter derramado uma gota de suor dos nosso braços que não param de trabalhar. E também o Destino não põe obstáculos maiores que nossa capacidade – Mas o meu problema parece não ter solução – Já o meu não tem jeito – O meu nem se fala. Muitos dizem isso, reclamam, desistem, apelam pra outros meios. Mas não sabem as pessoas que se o obstáculo é grande é porque nós somos tão grandes quanto ele.

São as leis do destino
Aquilo que parecia duvidoso no início
Terá a resposta no tempo certo
Aquele que se aproveitou do outro ontem
Será aproveitado por outro amanhã
O que o Destino dá, ele também tira
Pra que nós reconquistemos.

Pro Destino não há casos interminados, sem solução, duvidosos. Com o tempo as arestas serão aparadas, fechando ciclos que pareciam viciosos. De fato a vida é um ciclo, pois volta e outra situações novas acontecem, problemas são resolvidos. Mas o Destino não trabalha sozinho, ele precisa de você para que as engrenagens funcionem, pois o tempo não pode parar.
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 29/08/2005
Código do texto: T45989
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42674 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:18)
Miguel Rodrigues