Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lindonéia - Retrato em Branco e Preto(cont.)

                      15. Santana

Defronte à Ladeira de Nossa Senhora de Santana existia três caminhos, três alternativas, e atrás o Fórum Ruy Barbosa.Me casei com o Tiago com o bucho Cheio, o coração vazio e repleta de imposição familiar, não me lembro porque casei, mas durante a cerimônia pensei muito no Fórum.

                      16. Ribeira

Bogary, o mar e um Martim pescador penetrando no verde do mar e no azul do céu, Tiago me levara para um barzinho, toalha branca de renda, casca de abacaxi, mesa de madeira, cadeira de metal, eu toda apaixocada, me sentindo a Black, Black, Blaquinha, bexiga cheia, Campari, passa o tempo, sonolência, apago, acordo no motel com o som de uma mulher gemendo igual uma jega no quarto ao lado, Tiago fumando um Holywood e eu com cara de insucesso. Quarenta dias depois o dilúvio de sangue não tinha descido.


                      17. Citotec

Liguei para o Tiago dizendo que o boi tava preso e ele mandou eu ficar calma.Me Chamou pra sair, apareceu com um envelope na mão, adquirido numa Pharmácia no Pero Vaz. Caminhava eu para o Inferno de Dante, aborto, o meu namorado amigo de um balconista de farmácia que se achava o Lavoisier, deu o Roupinol e depois o Citotec, a morte que salvaria nossas vidas.





                      18.Carlos Gomes

Avenida Carlos Gomes, suas esquinas movimentadas, suas luzes, suas fachadas mofadas, suas sarjetas enciclopediares. Vi morrer uma pernambucana na Sulacap. Seu corpo desceu, mergulhando no céu preto com nuvens brancas e amarelas retilineares, seu nome devia ser Maria, toda brasileira Maria, aquilo que vem antes de qualquer nome, lavadeira, bancária, guerreira, mãe, mulher. Esse Carlos Gomes devia ser bonito. Cine Guarany, depois Glauber Rocha.

                      19. Porta do Humaitá

Dentro de um carro que não sei dizer o nome, na Porta do Humaitá, via alguns pirilampos urbanos queimando a sua luz, fazia um frio, os mares tranqüilos, um soldado fazendo a ronda no Monte Serrat e o céu estrelado, meu corpo molhado, os seios apontavam para o Pedro com a sua voz macia, parecia ser uma divindade, o melhor dos homens, diferente de tudo que havia visto, diferente de tudo o que eu havia feito, um belo cenário para se perder os tampos.


                      20.Cabaço


Os homens são os seres mais românticos, flores, bombons, adulações, lembrancinhas, até meter a rola...Becos fétidos, banco de carro, Farol da Barra, Rua do Cabeça, matagal, tudo que transmita romance e venha proporcionar o gozo masculino, o desejo a ser saciado, a velha forma de Adão, Moisés, Papai,Titio. Deus salve e proteja o gozo masculino e o cabeça da família.


Deijair Miranda
Enviado por Deijair Miranda em 21/09/2005
Código do texto: T52260
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deijair Miranda
Pojuca - Bahia - Brasil, 41 anos
116 textos (5514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:44)