Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Consciência Amiga

               Não sei te dizer como “reencontramos” os amigos. A verdade é que das milhares de pessoas que passam na nossa vida, há sempre aquelas que deixam simpatia, sorriso em todos os momentos e, principalmente, quando estamos meio pra baixo, nos dão confiança para nos abrirmos, pedirmos conselhos, nos dando sempre uma força para enfrentarmos a vida da melhor maneira possível, de preferência, com um sorriso aberto. Elas são, com certeza,  pessoas com as quais temos mais afinidades, portanto, nossos verdadeiros amigos.
               É triste lembrarmos que muitas dessas pessoas irão “sumir”, não porque querem, mas por diversos motivos que a vida lhes reserva. Imaginemos que um amigo viajasse para longe e perdesse o contato conosco ou viesse a falecer, por mais que nós acreditemos na vida após a morte, as saudades estarão sempre presentes. O pior de tudo isso será saber ou lembrar que nunca  tivemos a coragem de lhe dizer que era uma das pessoas mais importantes de nossa vida e o quanto  gostávamos dela.
               O tempo é muito precioso, cada segundo é único. Use estes segundos para deixar tua consciência tranqüila, a dor que a saudade deixa não é pior do que a dor da consciência por não ter dito. Já pensaste que a última vez que  viste o teu amigo pode ter sido realmente a última (nessa vida terrena é claro, pois estaremos sempre unidos pelos laços fraternais da espiritualidade maior). Não tenhas vergonha do teu sentimento sublime para com teu amigo, aproveite bem os momentos que passas junto a ele, nunca com raiva ou com sentimentos mesquinhos.
Augustus
Enviado por Augustus em 23/09/2005
Reeditado em 30/09/2005
Código do texto: T53036
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augustus
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 31 anos
12 textos (2489 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:15)
Augustus