Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECORDAÇÕES

Divago no tempo ... e
lá vou de volta as recordações ...
Descendo morros contente ...
Ah Vila Prudente!!!
Viu meus pés molhados na nascente do rio ...
Ah Rua José Zappi ... hoje por baixo daquele asfalto ...
rua larga ... vi nascer uma galeria ...
cobrir aquela nascente ... e o rio escondeu ...
Perdi andando lá por baixo calçados ...
Moleca, travessa, brincadeiras de moleque ...
Ao mesmo tempo ... serena ... brincando de casinha ...
Usando a imaginação com pedaços de telhas e louças quebradas ...
Essas enriqueciam a casinha das minhas bonequinhas ...
feitas com palitos de fósforos ...
E criava ... conseguia no meu mundo imaginário ...
criar roupinhas, saias rodadas com cintos prateados ...
feitas de papel de bala e o prateado do maço de cigarro ...
na cabecinha do palito ... ou da minha bonequinha ...
vasta cabeleireira de chumaços de algodão
E era pura felicidade ...
Ah se o tempo voltasse ... trouxesse de volta ...
amigos que outrora ... preenchiam meus dias ...
Ah farta imaginação ...
Que hoje lembradas e escritas ...
parecem letras de uma canção ...
A canção verdadeira ... de uma vida inteira ...
E confesso que valeu ...
Valeu ... porque através de seus poemas ...
saíram palavras dos poemas meus ..
Ecos de minha alma peregrina
Enviado por Ecos de minha alma peregrina em 19/05/2017
Código do texto: T6003475
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ecos de minha alma peregrina
Jundiaí - São Paulo - Brasil
14 textos (156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/17 13:01)
Ecos de minha  alma peregrina