Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

lágrimas...

Seria difícil acreditar que amanhã é um novo dia, se eu não soubesse que as lágrimas que caem difusas e perenes pelo meu rosto frio, amanhã de manhã vão secar como todas as outras que passaram por aqui...
A dor vem, assola,destrói tudo como em dia de enchente, mas como toda tempestade impetuosa, acaba se transformando em mar calmo.Toda dor vira torpor no final das contas.
No meio dos tropeços que venho dando a vida sempre vem com uma colherzinha de café cheia de mel doce para justa trégua e eu consigo dar um supiro profundo.
A dor deixa a gente mais humano, mais compreensível, mais próximo,mais cúmplice.
Hoje a dor veio me arrancar um rio dos olhos rajados...
Escutei com incredulidade de uma pessoa querida e cara que amo com vontade extrema, que depois de um mar de sofrimento vem felicidade desmedida e que se eu sofro assim é porque as alegrias que virão serão infinitas e estreladas.

Hoje eu queria uma estrelinha cadente,uma brisinha só nesse dia deserto.
Estou triste,me sentindo só.

Aprendi hoje, meio que por acaso que as lágrimas são a água bonita que escorre dos olhos quando espremem teu coração...
anajulia
Enviado por anajulia em 26/08/2007
Código do texto: T624121
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
anajulia
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 33 anos
24 textos (1092 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:18)
anajulia