Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PASSOS HUMANOS ENTRE HORAS
Juliana Valis




Teus passos seguem incautos

Entre horas que voam sem destino,

Nas demoras das filas, sobressaltos,

Diluídos como lágrimas de um menino

Abandonado pela estupidez do mundo,

No mais célebre e profundo desatino

Que reina entre cédulas frias,

No transcorrer dos dias,

Sempre a morrer no tempo,

Neste pífio sentimento de perplexidade...





Céus, aonde foi parar essa humanidade ?

Seremos sempre autores ou réus

De um mundo que se alimenta de leviandade ?

Olharemos, entre estrelas, os escarcéus

De corações minguantes como tempestade

Das dúvidas errantes, com dor, sem véus,

Embora o amor nos clame neste verso que nos invade ?




Ah, passos, humanos passos de aventura,

Além dos traços iníquos deste mundo,

Vejamos o fecundo laço que perdura

Na alma, no corpo, no sentimento mais profundo !




Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 29/08/2007
Reeditado em 29/08/2007
Código do texto: T629869

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883724 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 05:41)
Juliana Silva Valis