Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O BAILADO DA CIGANA por Lette Santos

O BAILADO DA CIGANA

Lette Santos

A cigana bailou
Na praça de Andaluzia
Seu universo girou na ponta de seus pés
Sua sandália quebrou , sangue jorrava de pés cansados,
Tingindo o chão com as cores do seu coração
E girava ...girava , batia palmas que assustavam os fantasmas de sua desilusão.
Chorar não se permitia ,
Ela era forte, a cigana mais bela, e sorria .
Sorriso encantador, foi assim que conquistou o amor de sua vida., sorrindo.
Chorar não se mais se permitia .
Amou o impossível gadji que se foi para outras terras,buscando outros sonhos,
Pois a cigana lhe era proibida.
E a bela mulher, girando, dançando...
Não se permitia amar...sonhar...somente, dançar..

Uum belo dia a feiticeira da tribo
Olhando para o céu,assim falou:
Cigana, as estrelas estão a me contar, teu gadji vai voltar...
E não poderás mais dançar!
Se queres, fique e  baile na alegria, senão vá com ele e...
Esquece tua vida livre,esquece o bailado nas praças de Andaluzia.
Viva nos sombrios castelos de mármore ,
E esquece a natureza da qual és filha!

Assim falou a velha cigana,
Com a experiência de centenária idade
E a bela cigana despertou para sua realidade
Secou o pranto,sorriu para as estrelas,
Esqueceu de tudo, de si, das amarguras que a acorrentavam
E voltou a bailar...bailar...sorrir e bailar!
Amigos de Sonora
Enviado por Amigos de Sonora em 31/08/2007
Código do texto: T631856

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Amigos de Sonora
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
21 textos (4677 leituras)
2 áudios (3748 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 18:09)
Amigos de Sonora