Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...

As incompreensões são coisas estranhas seria melhor evitá-las sempre para não arriscar de haver razões, pois a razão nem sempre serve.
Eu me enjôo quase sempre, a sensação que a melodia de NE, RE, RO, VA e tantas outras notas que me esqueço como TA, SO, SI, EM, que compõem a vida como forma subjetiva, se transforma em SÓ uma nota profunda jamais escutada como uma sereia perdida no mar.
As incompreensões são coisas estranhas assim como a beleza das folhas secas de outono que me devolvem todos os dias algo que nunca foi meu. E nesses dias as silabas insistem em colorir qualquer palavra que contenha dor, por isso, quero me reencontrar num lugar que esteja vazio e faça silêncio.... because I don’t believe in myself...
Sophia Welcker e Emilio Bonfim
Enviado por Sophia Welcker e Emilio Bonfim em 04/09/2007
Código do texto: T638683

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sophia Welcker e Emilio Bonfim
Cascavel - Paraná - Brasil, 33 anos
15 textos (475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:15)
Sophia Welcker e Emilio Bonfim