Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vagar, divagar e devagar

Mania de pensar que tudo é de vagar
Mania de querer apressar o devagar
Mania de vagar por aí divagando, 
Manietando a alma conturbada
Conturbando o espírito esvoaçante
Soprando o pó prateado dos raios de sol
Descomplicando que já simples é
E respirando sem sentir o Chi, o quê
Que energiza e alimenta a mente
E a gente faz sentir que assim tão só,
A sós, tão juntos, só em sonhos....
Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 04/09/2007
Reeditado em 22/09/2008
Código do texto: T638763

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Osvaldo Brito, http://osvaldobrito.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 64 anos
185 textos (29605 leituras)
1 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 01:45)
Cabeça de poeta