Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reservo-lhe este título, caro leitor

Eu tenho um coração pendurado no peito...
Ele brilha, como tantos outros, tem também uma parte pontiaguda que, como tantas outras, fere. Essa parte pontiaguda, um dia, no tempo em que ele ainda estava inteiro e bonito, roçou nuns lábios pequenos e acolhedores, sendo logo rejeitada. Eu tenho um coração pendurado no pescoço que, como tantos outros, caiu um dia e perdeu uma parte de si. Essa parte se perdeu em mim. Eu tenho um coração branquinho e transparente que, de tempos em tempos, consegue mudar de cor. Já foi rosa, já foi preto, já foi vermelho e, hoje, não tem cor. Eu tenho um coração pequenino, um coração preso por uma fina linha de silicone.
Eu tenho um coração que um dia caiu. Caiu e se quebrou.

DATA TEXTO: 05/05/05
Mariana Serra
Enviado por Mariana Serra em 05/09/2007
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T639751

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor - Mariana Serra - e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mariana Serra
Teresina - Piauí - Brasil, 28 anos
13 textos (668 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 12:18)
Mariana Serra