Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paciência - Marilda de Almeida

Paciência

Marilda de Almeida

 


Ser paciente, esperar, acalmar,

Bater de frente, não adianta, sofre-se,

Ter presença de espírito, ajudará a

sobreviver, evitando a dor, o choro.

Negar sua opinião, não!!!

Apenas esperar o momento certo, para

expor.

Silenciar, mas não fugir, guardar dentro

do peito, remoer sentimentos, levará a

destruição, a separação, é perder a razão.

Paciência, ser humilde, amar, faz parte

do ser humano, sem isso não se vive.

Perdoar 77 x 7 vezes, foi Jesus Cristo que

nos ensinou, sem o perdão, não há união.

Você será seu único juiz, usando somente a

sua verdade, a sua lógica.

As palavras ditas, não voltam, se vão com o

vento, portanto, necessita de paciência para

serem interpretadas, para serem julgadas.

A paciência é uma melodia, que deve ser

ouvida em volume baixo, para senti-la e

poder exercitá-la em nossos dias.

Nesse mundo movido a violências e guerras.

Como conseguir a paz sem sermos benevolentes,

pacientes com o próximo.

Paciência, sempre muito paciência.

 


Marilda.

Sorocaba- SP

09/07/2007
Marilda de Almeida
Enviado por Marilda de Almeida em 08/09/2007
Código do texto: T644283
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilda de Almeida
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 59 anos
72 textos (2501 leituras)
1 e-livros (138 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:24)
Marilda de Almeida