Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLORES DO ACASO
Juliana Valis




Parti-me entre as flores do acaso,

No caso infinito do tempo,

Como amores transfigurados em versos,

Em sonhos imersos no vento,

Sentimento que transcende universos,

Nos dispersos dias que tento

Transformar em sentidos, sem começo nem fim,

E sem preço que o mundo cobre em mais lamento,

No profundo enigma que houver, assim,

Diluindo versos neste fragmento

De flor, apenas, que restou em mim.


Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 16/09/2007
Reeditado em 04/06/2009
Código do texto: T655465

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883838 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 18:16)
Juliana Silva Valis