Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu poeta.

O homem o qual me apaixonei, tem um jeito diferente...tudo  que faz, tudo que e fala tem muito sentimento, tem jeito diferente.
Transpassa seu corpo como se ele não houvesse ali, vem direto da alma com energia a se instalar, a deixar em estado sublime, que faz sentir o bem, o amor verdadeiro...daquele jeito!
 
Tem jeito de poeta, não aquele que apenas se preocupa com as palavras bem ajeitadas e rimadas...não! O que lhe importa é transpôr ao papel o amor do seu jeito que exala e penetra, e que, pela graça de Deus lhe concedida, vem alegrando e aquecendo o meu coração de um jeito todo especial.
 
Jeito sincero em seu olhar, seu beijar, seu desejar, seu tocar...UM JEITO ÚNICO DE AMAR.
 
Tem jeito menino, jeito manhoso, um jeito charmoso de insinuar-se.
Seu jeito é especial quando me ama na tela, no carro, na cama.
Com jeito me ajeita e me deixa de um jeito que logo entrego-me aos seus "ajeitos"...
 
E...rsrs, fica sem jeito se não dou um jeito de deixar nossos entre-jeitos darem um jeito de unir "daquele jeito", do nosso jeito que a gente adora e que é só nosso!
 
Adoro, sonho, deliro e...
 
Do meu jeito...AMO O SEU JEITO...
 
Meu poeta.
 
Katharyna
Enviado por Katharyna em 22/09/2007
Código do texto: T663656
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Katharyna
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
3 textos (124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 23:22)
Katharyna