Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROSSEGUINDO

Evaldo da Veiga


Permanecer indo,
o equilíbrio 
depende do movimento.
Quando agente segue, 
encontra também
o que não quer encontrar.
Fazer o quê então, parar?
Não, parar jamais.
A vida é movimento.
Se for, pode encontrar 
o que não queria encontrar,
mas se ficar parado,
vivendo na solidão,
quedado no nada importa, 
só resta à desilusão.

É preciso sorrir, 
cantar e às vezes chorar,
quando ainda se sabe chorar...
Seguindo, 
precisa esquecer o que passou,
seguindo no seu caminho,
no caminho só seu, este o de agora,
eis que o caminho dos dois esgotou.
O que se pode esperar 
são os caminhos cruzados,
linhas do acaso que se encontram,
nem se sabe o porquê,
mas se existe a possbilidade, 
vale a pena ir,
quando só restou a saudade.

Imagem: Tela do MIRO, Joan

evaldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 24/09/2007
Reeditado em 26/04/2011
Código do texto: T666233

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 74 anos
952 textos (314229 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 05:51)
Evaldo da Veiga