Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As horas choram sangue

Qual é a estrela que você amarrou sua corda
e no ápice desistiu de pular ?
Porque em todos os minutos deste apressado relógio  você parece ausente ?
Mas em toda poesia que faço, seu nome aparece antes mesmo que eu movimente um único músculo de minha mão.
Eu vejo a fumaça subindo em curvas que tonteiam meus olhos, fazem desenhos negros em meus pensamentos...
 Penso que não há mais nada a fazer.
Volto para janela trancada e ameaço romper meu silêncio num único e fatal grito de socorro.
Mas sei que ninguém ouvirá.
E mesmo que ouçam, pensarão que estou simplesmente cantando um rock antigo e ensurdecedor.
As horas choram sangue e insistem em dizer que estou atrasada.
Mas na minha frente, feito estátua de sabão, sua imagem ainda me pede um beijo de amor.
E meus lábios só querendo saber.
De que tamanho é seu coração ?










 Ana Beatriz
Ana Beatriz
Enviado por Ana Beatriz em 28/09/2007
Reeditado em 28/09/2007
Código do texto: T672670
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Beatriz
Brasília - Distrito Federal - Brasil
11 textos (643 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 04:40)
Ana Beatriz