Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Incurável.

 Viver, disse Rosa, é arriscado.
 Amar também o é
 Se amo exponho minhas fragilidades
 Dou o coração para bater
 E chego a sangrar de dor.
 Até morro, mas é doce morrer de amor.
 Para evitar tal desgraça.
 Recomendam cuidados no amor.
 Que é melhor não se entregar.
 Que em homem não se deve confiar.
 E os prazeres do amor?
 E a plenitude da vida nos braços do amado?
 De que me serve viver em regime de amor?
 Vou vivendo e correndo riscos.
 Amando e vibrando.
 Até que o coração se acomode.
 Ou se torne invulnerável.
 A essa doença que me queima
 E que é até hoje incurável.
Evelyne Furtado
Enviado por Evelyne Furtado em 29/09/2007
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T674142

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Evelyne Furtado
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
974 textos (120258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 22:02)
Evelyne Furtado