Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inane

Há pessoas que são más e sabe que são más por desejarem ser alguém diferente,
Outras que voltam para o lar com medo da solidão...
Pessoas que mentem e choram depois por terem mentido, enquanto outras são machucadas com esta mentira e choram também.
Umas vivem em intensa escuridão: pela morte de um ente querido, pela dor da solidão...
Tantas pessoas que lutam por  um ideal e acabam esquecendo de si mesmas por entenderem que aquele objetivo há tornarão mais sábias e mesmo que não consigam realizá-lo saberão dizer que tentaram...
Há pessoas que aparecem/desaparecem de nossas vistas como um imenso vulto desesperado pela dor do amor perdido ou pelo fervor do ser amado.
Pessoas que nem sabem o que estão fazendo aqui/acolá...mas de todas elas, cá estou: com  meus medos, meus limites, minhas decepções, minhas escolhas, eu e meus anseios e aí estás tu com os teus...
No mundo há cerca de 7 bilhões, quatrocentos e três milhões, duzentos e vinte um mil, oitocentos e vinte e quatro pessoas à procura de outras tantas...À procura do seu eu, do ser alheio...
Sete Bilhões de pessoas...
E eu...?!
Eu só queria uma...
Nathália
Enviado por Nathália em 04/10/2007
Código do texto: T680816

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nathália
Maricá - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
26 textos (3012 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 18:13)
Nathália