Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gozo

Gozo

Tarde quando o sol resvala
cai sobre a montanha
fecha os olhos
adormece,
encontros vazios
sons ditando liras
bailes, roceiros de gala
num peito que ainda respira;
Sentenciam précito à forca
de uma alcova comum
e o amar inócuo
de um vagabundo.
Misto de folhas sem direção
seguindo mortas o vento sul,
orgasmo heróico cala
em amargos lábios vermelhos,
doce solidão.
Gauto
Enviado por Gauto em 07/11/2005
Código do texto: T68524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gauto
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
112 textos (4065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:49)
Gauto