Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosa acerca das palavras e das idéias

  O bicho da escrita veio ter comigo novamente esta manhã. E me parece e ordena como um marido, altivo e cheio das manhas.
  Caminhando como de costume, vim confabulando muito comigo mesma. Um dia normal, frio, o vento soprava por entre meus ouvidos. Sem me dar conta, as palavras foram tomando formas na minha mente, passadas, voadas, poucos minutos depois já me eram como idéias que exigiam aprovação.
  O vento soprava e elas iam entrando por um ouvido e, ao contrário do dito popular, se alojavam dentre outras tantas em processo de formação.
  Antes eu achava que toda mísera palavra deveria tombar ao papel. Agora creio diferente. Somente as idéias deverão ser escritas e sem tanto repensar para que não se percam na sua essência, por culpa de um velho e erudito português. As alterações, que sejam pequenas melhorias, considero válidas, desde que a mensagem permaneça a matéria-prima. O primeiro sentido das primeiras idéias é o mais belo que se pode obter, visto que descem direto da cabeça para subir, logo em seguida, ao coração. Eu digo que a palavra é, antes, um pensamento, que permanece para se tornar um dom de Deus.
  E este trecho me saiu do medo de não ter palavras a dizer.
Géssica Ranieri
Enviado por Géssica Ranieri em 23/10/2007
Código do texto: T706420

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Géssica Aparecida Botelho dos Santos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Géssica Ranieri
Santo Antônio de Pádua - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
36 textos (7571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 22:23)
Géssica Ranieri