Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar ou Não Amar: Eis a questão!

Amor é fogo que arde
Já dizia um velho poeta
E dói, dói e dói
Digo eu que cismei
Em ser poetisa

Amor, bagunça a vida da gente
Amor confunde o coração
Amor enternece a alma
E puxa o tapete da razão

Amor, esquece a rotina
Esquece de pagar as contas
Amor tira a gente do sério
“Embobece” e fala sozinho

Amor não faz o dever de casa
‘Chuta o balde’ pras convenções
Amor preenche o cérebro de vento
E acelera as batidas do coração

Por que se apaixonar?
Pra sofrer? Pra viver
Sem saber  por quê?
Pra rir a toa
Sem de um motivo se aperceber?

Amor engana a gente
Faz bater com a cabeça na parede
Faz tomar café frio e suco quente
Faz acordar à noite só pra
Suspirar e denovo poder sonhar

Faz  ‘pagar mico’
Como se estivéssemos num circo
Faz a gente se amar mais do que
A gente amava a gente mesmo

O amor dói, dói e dói
Dói e a gente verseja sobre ele
O amor pulsa, pulsa e pulsa
Pulsa, e a gente não vive sem ele.


Rio, 29/10/2007





 




Marisa Queiroz
Enviado por Marisa Queiroz em 29/10/2007
Reeditado em 02/11/2007
Código do texto: T715282

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marisa Queiroz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
265 textos (123231 leituras)
4 áudios (831 audições)
1 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:58)
Marisa Queiroz