Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mil Passos

Mil passos em direção ao nada, ou coisa nenhuma. Mil passos dados sem destino, ou esperança alguma. Mil passos.

Mil passos parecem conter em si, algo enigmático, mágico, como se fossem os passos num caminhar por sobre o arco-íris. Poéticos passos.

Caminhei meus mil passos, mas não te encontrei. Mais mil passo darei, até ter você. E se ainda não ver-te em meus braços, à eternidade em mil passos, ao passo em que passo, de passo em passo, à procura de um laço que não me deixes te perder.

Quero um beijo e um abraço, somados num só, em regulares dosagens, à eternidade: eu e você.

Num passo, ou num passe, de mágica ou espírita, num laço que não mais desate, ligados por benção divina.

Mil passos num sonho, a lugar algum cheguei. Mas mil passos de volta, onde pude te ver. E mil passos darei, até um dia te ter.
Jefferson Andrade
Enviado por Jefferson Andrade em 29/10/2007
Reeditado em 22/12/2013
Código do texto: T715427
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jefferson Andrade
Curitiba - Paraná - Brasil, 38 anos
151 textos (8491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:03)
Jefferson Andrade