Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Verdades Inventadas

Talvez eu não seja tudo o que dizem que Sou!
Quem sabe eu não seja inteligente, sensato e muito menos alegre.
A verdade me afronta em momentos dolorosos que somente eu sou capaz de compreender. E de sentir.
Só a mim cabe sentir esta dor. Não é como levar uma facada, um tiro ou quebrar algum osso. É uma dor diferente.
Uma dor de desgosto, de fracasso. Uma dor que está bem aqui, cravada em meu peito, agora sim, como uma faca.
Espantoso essa ilusão de que tudo vai dar certo um dia.
Tudo vai ficar bem um dia... Eu gostaria de acreditar, mas sou imoral, insensato e idiota demais para me convencer dessas verdades inventadas.
É isso que sou. Uma verdade inventada.

02/11/2007 - 22:42 PM
Pinnas
Enviado por Pinnas em 02/11/2007
Código do texto: T721050

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do Autor da forma que segue: Fernando Pinéccio, editor do Megaphone Tabloid (www.portalmegaphone.com.br)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pinnas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 35 anos
46 textos (15001 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 04:04)
Pinnas