Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SER MÉDICO

Médico...Sou..Eternamente médico..
Levar despojadamente meus sentidos...Minha arte de ser médico..
Ser médico e sustentar a mão divina, porque divina é minha missão...
Ser médico é reaprender intimamente minhas frustrações humanas...
Quando deparo com faces pedintes de afeto e ajuda...
A dor é o sentido único de meu instrumento de trabalho..Esta é minha missão...
Não existe troca em minha profissão..Existe sim cumplicidade...
Fidelidade e uma enorme sensação de dever cumprido...
Sou médico e um instrumento para as mãos divinas...Sou um artesão...
Que como todos...Sobrepõe meus sentidos e conhecimentos...
Minha arte de ser médico é invedável, porque meus sentidos não têm preço...
A grande loucura de meu trabalho é descobrir através do sofrimento alheio a plenitude interior de se doar...Sentir e transformar em rostos dolorosos a suave transmutação de todos os momentos da vida...
Nunca haverá o mercantilismo caótico e vergonhoso em minha vida médica...Nunca permitirei que exista o imperdoável desrespeito por todos que sofrem, porque seus sofrimentos serão também a minha dor e a minha sensata sensação de que nem tudo sei ou saberei...Aprender sempre para minimizar o sofrimento de meus semelhantes...Sempre e sempre...Assim
DEUS quer e para isto fui escolhido...
Ser médico é ter o prazer de ser diferente...Sensivelmente nobre e humilde...Sutileza oculta...Luminosamente bela...De poder curar...Sanar...
As doenças do corpo e das almas de meus irmãos nesta terra...
Ser médico é meu prazer...Único...Sempre pedinte da supremacia Divina...
Assim é ser um verdadeiro médico para sempre...Superando o tempo...
Sou médico e um artesão de corpos e almas...
Graças a DEUS...!

Francisco Cesar Ferreira Espíndola
Amante das Palavras
Enviado por Amante das Palavras em 07/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T726713

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Francisco Cesar Espindola). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amante das Palavras
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
77 textos (4201 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 01:13)
Amante das Palavras