Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTEZA OU ALEGRIA

Não posso escrever de alegrias
Pois seria enganar a mim mesma
Só escrevo o que sinto, e sei
que nem todos  posso  agradar
Só quem ama pode aceitar,
O  que escrevo e é com sinceridade ; 
e mesmo sendo   apenas  criação, 
do poeta sempre  tem a mão,
Percebo que não  adianta forçar,
 mas não vou fingir o que  não sinto
Triste não sou não, nem vou ficar.
posso estar assim, por algum momento
e nao é privilégio só meu
A vida dá muitas voltas,
temos que isso aceitar
Fingir para agradar,  seria falsificar 
meu modo de pensar
Sinto falta de meu primeiro amor,
que sua vida a mim ofertou ,
Sua doce e querida lembrança,
 impulsiona minha vida a continuar, 
pois sei que um dia  sendo aqui
ou lá, ..ainda vamos nos encontrar.
Se triste ou alegre; tenho que a vida
continuar
E apenas esperar , que chegue meu dia
dele novamente encontrar
naja
Enviado por naja em 08/11/2007
Reeditado em 08/11/2007
Código do texto: T728071
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
naja
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1207 textos (236306 leituras)
147 áudios (33086 audições)
525 e-livros (50965 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 23:58)
naja