Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Penso, logo existo... mesmo errando.

O pensamento do grande filósofo, Descartes, “Penso, logo existo”
tem me tirado o sono e me fazendo pensar muito.
Na verdade, Descartes retomou um pensamento de Santo Agostinho:
“Se erro, existo” onde se conclui que mesmo errando...
O indivíduo, certamente, tem que pensar. Caso contrário não existe.
Então, se penso, existo. E se não pensar, mesmo errando, não existo.
Logo existo, se existo, vivo e vivo porque penso.
Será que existir é o mesmo que viver?... Acredito que sim.
Porque atualmente não gostaria de pensar em nada, só viver...
Mas esta é uma façanha difícil, porque viver é movimento.
Por isso meu cérebro está sempre inquieto
E não me deixa descansar um minuto
Será que quando durmo penso?
Não sei... mas creio que sim, se existo...
Pela manhã já estou pensando em tudo.
Já planejo todo o meu dia, ou pelo menos tento.
Às vezes não dá certo, mas considero normal.
Afinal, há sempre uma flexibilidade naquilo que se planeja
Há sempre interferências internas e externas.
E o interessante é que meu cérebro sempre
Substitui alguma coisa por outra
Ou então filtra o que era mais importante
Ainda bem, porque penso que se não fosse assim
Seria bem pior, pois sou daquelas que acha
que o tempo é sempre curto...E aí minha cabeça entraria em parafuso.
Percebo que meu pensamento voa, dá cambalhotas, se espalha...
Mas o meu cérebro funciona direitinho: dá uma trava e pronto!
Não tenho outro jeito, caio na real e tenho que me conformar.
No outro dia começo novamente a pensar...
Como será o meu dia?...
E assim nesse penso, repenso e dispenso, vou vivendo.
Mas o mais importante é a grande certeza
De que não vivo e não existo sem pensar, mesmo errando...
Descartes e Santo Agostinho estavam certos.
Jandira Mendes Coelho
Enviado por Jandira Mendes Coelho em 15/11/2007
Reeditado em 15/11/2007
Código do texto: T737833

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jandira Mendes Coelho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
358 textos (15960 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:01)
Jandira Mendes Coelho