Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema de uma musa virtual

 

Sou tua musa

Estou em teus devaneios

Incentivo tua inspiração

Sou amada

Cortejada

Desejada

Sou virtual

 

Me amarias no mundo real?

E se eu saísse da tela?

Ainda assim

Me dirias coisas belas?

Farias cantigas e trovas

De amor eterno?

 

Sou tua musa

Vivo em redoma

Ninguém me toca

Ninguém me toma

Ninguém me enlaça

Nos braços

Nos doces pecados

Nos sussurros

Nos beijos arrebatados

 

Sou mulher no mundo real

Sou amada, e amante

Luto muito, sou guerreira

Sou filha de amazonas

Corro, suo, mato, caço,

Sou abatida, sou possuída

Sou mulher, como eu puder

 

No mundo virtual

Sou utopia, sou mito

Sou anjo, sou ilusão

Sou uma imagem ideal, virtual

Sou sorriso, sou sonho

Sou cantada pelos aedos

Sou alimento pros teus lamentos

Sou apenas uma prosa, uma trova

                  Sou talvez um verso, ou um belo poema
                                                         
                                      Rio, nov/2007
Marisa Queiroz
Enviado por Marisa Queiroz em 30/11/2007
Reeditado em 23/09/2013
Código do texto: T759735
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marisa Queiroz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
265 textos (123097 leituras)
4 áudios (831 audições)
1 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 21:28)
Marisa Queiroz