Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHOS E SOLIDÃO

     Não lembro muito do meu tempo de criança, aé parece que já nasci adolescente.; mas nas vagas e raras lembranças, me vejo na praia brincado de fazer desenhos na areia. Estava sempre sozinha: meus irmãos iam pra água e eu ficava perdida em meus desenhos que a agua vinha e apagava. Eu não chorava, apenas voltva a desenhar..Acho que amo tanto o mar, que só lembro mesmo dessa cena na praia.
    Minha adolescência foi perfeita, nãõ tive nenhum problema existencial,  não me vi com corpo disforme, nem espinhas no rosto, Tudo era alegria e felicidade. Por incrível que possa parecer, tinha um grupo de amigos e íamos todos a praia, ao cinema, passeios, bailes e até carnaval...Gostava de dançar e não ficava parada.
   O que eu estava longe de saber é que adulta, voltaria a desenhar figuras na areia  e que as ondas da vida viriam tudo apagar..Crianças tornam a escrever, a desenhar, mas adultos se poem a sofrer...principalmente situações que não são  possiveis reverter. A vida nos obriga a nos situarmos na realidade e deixar sonhos dos quais ,uma  hora da vida vamos acordar.
    Desenhos na areia, sonhos e devaneios estão sujeitos a nos fazerem sofrer. Se são sonhos,,, teremos que acordar. e a realidade enfrentar. Eis a diferença de ser criança...tanto queremos crescer,, as vezes, se fôssemos crianças, seria tão fácil resolver...bastaria tornar a escrever, apesar das ondas da vida. Mas não somos. Então temos que agir como tal. É dificil, é sofrido mas como fazer  um sonho  eterno? Isso seria a realização do sonho..viver a vida que se desejou...Mas se não se realiza o sonho, se temos que acordar, é voltar a solidão, já que se convivia com ela. voltar ,é apenas  retornar ao que sempre se foi. Não há pelo que lutar...que venha a solidão, minha amiga de toda a vida..que com ela , já não brigo mais.
naja
Enviado por naja em 02/12/2007
Código do texto: T762104
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
naja
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1207 textos (236302 leituras)
147 áudios (33086 audições)
525 e-livros (50965 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 16:49)
naja