Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

jejum de sol

cilindrados com sóis turvos, nós ontem de um país sem gravata.
olhai o latim agora inglês, mapa europeu sem pessoas
e nós petit noms do lazer, fait divers de montra
há de facto jejum de sol na cantiga proponente
e sem a palavra por quem tantos padeceram,
poetas do abismo, na rua doidos de belo, anunciado em ti.

olha, portugal, há mais pessoas desta luz una que nos despe
sabes, portugal, eu também sou espanhol, árabe, judeu,
grego a ler, romano em festa, toda a eterna história do sonho,
as cerejas no fim.

quero simplesmente chamar os meus
noutro país que te lembres.

são marcos (2003)
Nuno Trinta de Sá
Enviado por Nuno Trinta de Sá em 28/12/2005
Código do texto: T91324
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nuno Trinta de Sá
Portugal, 43 anos
73 textos (1677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:34)