Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

acabo em ti

vive-se por empréstimo, somos ópios da sorte, válvulas.

quando a selva se esconde e a sobrevivência oscila,
acabo em ti.

quando a alma rouba a paz e o eterno jorra na parede.
e o teu sangue viaja pelo mundo.









começo no fim do sonho e acabo em ti.

são marcos (15 de março de 2002)
Nuno Trinta de Sá
Enviado por Nuno Trinta de Sá em 28/12/2005
Código do texto: T91497
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nuno Trinta de Sá
Portugal, 43 anos
73 textos (1677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:01)