Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meus trinta...

Agora mais uma unidade acrescento
em minha dezena
são centenas de alegrias, indagações, indignações a pouco perdi um texto-que falha minha! não "salvei" o que em minha memória está vivo, a eterna e doce poesia,
de dedilhar como criança, brincar com letras, refazer nova história, com final feliz é claro.
Hoje, tempos modernos nos afasta do papel e da caneta, e assim "cato" letras como quem busca um novo amor.
Ansiosa por ver, afagar e, acariciar mais um grande amor.
Assim, prossigo...
são mais dois aninhos acrescidos em meus trinta,
OH! Que saudades da vovó!!!
do suco de manga, da Lili, e sobretudo
da alegria da Dona Bilina
Pois então, a meninice se fora,
trago aqui doces e ledas recordações
tempo que não regride- Que pena.
Mas o invocamos em nossa alma a ponto de revivermos tudo num segundo de instante,
vem o cheiro, a leveza do corpo, as sensações irradiam-se por nós e aí,
é tempo de reviver.
Agora sou trinta e mais alguns,
risos, lembranças, talvez venha uma criança.
Pois é, de menina sou mulher
com marido e máquina de lavar,
resta-me um filho para em meus braços embalar.
Raquel Saint Clair
Enviado por Raquel Saint Clair em 04/01/2006
Código do texto: T94161
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Raquel Saint Clair
Pindamonhangaba - São Paulo - Brasil, 42 anos
28 textos (1002 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:09)
Raquel Saint Clair