Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No "estrito cumprimento do dever".


Abro o jornal e leio...

Da FolhaNews
15/02/2006
19h29-O coronel da reserva da Polícia Militar e deputado estadual Ubiratan Guimarães foi absolvido nesta quarta-feira pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ele havia sido condenado a 632 anos de reclusão pelas mortes de 102 detentos da Casa de Detenção no Carandiru. Por 20 votos a dois foi acolhido o pedido da defesa de nulidade do julgamento do júri de 1992.
O Órgão Especial é composto dos 25 desembargadores mais antigos do TJ. Um deles é o presidente do tribunal, Celso Limongi, que só votaria em caso de empate. Um dos desembargadores faltou e outro, Alvaro Lazzarini, se declarou impedido de votar por ser amigo do coronel.
Na semana passada, o advogado Vicente Cascione, que defende o coronel, disse que a sentença deveria ser anulada por duas razões: nulidade da avaliação dos quesitos pelos jurados – apontaram excesso doloso (com intenção) nos homicídios e excesso culposo nas tentativas – e análise do mérito, já que o oficial teria agido no "estrito cumprimento do dever".

...Silêncio.
...queixo caído.
...como ninguém viu a inocência antes?
...será que nos faltou olhos?
Não... apenas somos um povo despreparado...
sem formação jurídica para perceber o que é certo ou o que é errado.
Afinal o certo e o errado está escrito onde?
Nos livros dos juristas?
Ou na consciência dos que conseguem dormir?
É sempre bom refletir ...
...então eu penso ...penso ...penso...
Estariam os juristas agindo também no “estrito cumprimento do dever”?
e percebo a lição que  o fato nos impõem.
...nós devemos seguir o exemplo dos letrados
e agir no estrito cumprimento de nosso dever...
Que dever?
O de cidadão.

Caca Moura
Enviado por Caca Moura em 16/02/2006
Código do texto: T112830
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Caca Moura
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
7 textos (481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:29)
Caca Moura