Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Heróis por acaso

Eles podem ser famosos, incríveis, simpáticos e até mesmo anônimos. Podem marcar uma vida, uma era, ou apenas alguns minutos. Podem ser altos, baixos, feios ou bonitos. São, na maioria das vezes, lembrados como pessoas que fizeram algo surpreendente. Alguns os chamam por nomes esquisitos. Outros os chamam simplesmente de “heróis”.

Como exposto anteriormente, os “heróis” são pessoas com características comuns, no entanto, em determinado momento de suas vidas, podem ter realizado um grande feito. Pode ter sido algo simples, mas que por causa do preciso foco de uma lente ou pela rapidez na qual as palavras foram digitadas e impressas, tornou-se algo grandioso, considerado inédito.

Sem desprezar os antigos heróis da humanidade, se olharmos para os atuais, veremos que são como aperitivos para a imprensa. Todos os meios de comunicação são atraídos para novas descobertas, principalmente a televisão, o rádio e a internet. Todos buscam novidades, criatividade e motivos para tornarem alguém o “centro das atenções”.

O fato é que a imprensa possui grande valor no surgimento dos chamados “heróis por acaso”, sejam eles bons ou maus, ricos ou pobres. É certo que um grande número deles são momentâneos. Poucos são aqueles que podemos chamar de eternos. Também não podemos desconsiderar seus acertos, pois, querendo ou não, muitas vezes é por meio desta que descobrimos os corajosos heróis de verdade. Se analisarmos, notaremos que nem todos que foram abordados por jornalistas, fizeram algo interessante, o que acontece diariamente.

Muitos de nós erramos ao pensar que apenas a imprensa tem o poder de nomear heróis, e acabamos perdendo um tempo precioso de nossas vidas sem perceber que eles podem estar bem ao nosso lado, podendo ser o vizinho, o padeiro, a diarista, o entregador de pizzas, o médico de um hospital público, o carregador e até mesmo nós, que, pelo simples fato de vencermos a rotina, tornamo-nos mais do que heróis, pois passamos a ser grandes vencedores, dignos de sermos chamados “corajosos”, pessoas que se tornam superiores em relação às adversidades.
Rejoca
Enviado por Rejoca em 19/02/2006
Código do texto: T113765
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rejoca
Cabedelo - Paraíba - Brasil, 28 anos
3 textos (471 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:30)
Rejoca