Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quanto mais ausente...mais presente

Nao teria sido novidade,se tudo tivese sido feito como a ultima vez.A toalha jogada no chão,roupas esparramadas pelo sofá,era uma sensação de inicio junto com a certeza de um ponto final.Perdi a noção de espaço,acho que junto perdi tambem a capacidade de reconhecer-me objeto de uso comum.como se fosse um mero vaso num canto da sala,que a muito caiu de moda ou se chocou com a decoração new modernista.Um pouco de cada,um muito de nada .Sentimentos tem o dom de nos destituir a capacidade de sermos felizes,eu,indevidamente me entreguei aquele vicio de sofrimento ao qual as mulheres se entregam quando acham estar amando um cafajeste qualquer,preferi chorar os desencantos da alma,a levantar e sacudir a poeira da vida e dar uma volta por cima dos sonhos despedaçados.Ha muito me diziam que sonhos eram privielgios dos jovens,como eu discutia tal teoria,dizendo ser digna de tambem sonhar.Hoje si,que ainda o sou,posso sonhar;mas com a total certeza de que os sonhos,sao por eles mesmo sonhos só.A realidade meu amigo...é outra historia
Dayvi
Enviado por Dayvi em 13/07/2006
Código do texto: T193090
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dayvi
Jataí - Goiás - Brasil, 51 anos
1 textos (98 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:41)