Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PALAVRA

<><> De todas as maravilhas da Natureza, a que mais nos permite exprimir sensação é o poder da palavra, o dom de criarmos signos convenientes para nos entrosarmos, nos intercomunicarmos com o nosso grupo, com os grupos alheios.
É a faculdade de transmitir os nossos sentimentos, os nossos anseios, as nossas esperanças, a nossa amizade, o nosso amor, o nosso carinho e o nosso apoio.
Pela palavra podemos dizer daquilo que somos capazes, do que podemos aprender. <><> É pela palavra, isto é, pelo conhecimento da linguagem a qual nós dominamos com mais facilidade, que podemos entender os fenômenos da comunicação oral e escrita, perceber a mensagem aí contida que nos é dirigida por outros.
<><> A palavra, na Antiguidade, foi a maior conquista que um mortal poderia desejar, pois foi através dos discursos, pela oratória, pelo domínio da linguagem, que os grandes oradores puderam influenciar a grande massa e conquistar também a simpatia dos imperadores, aos quais serviam.
<><> Muitas ciências foram transmitidas somente pela palavra, muitos costumes, tradições, religiões, também, que passavam de gerações a gerações. Também foi pela palavra e somente pela palavra que Jesus deixou seu testemunho da Verdade na mensagem do Evangelho. E é também a palavra que cura e salva quando dita com fé e amor, à cabeceira de um doente, física ou espiritualmente.
<><> A palavra é um dom divino, e por isso mesmo deve ser bem empregada, deve conter vibrações positivas, pois a sonoridade de um termo ou outro, que contém relações acústicas amenas, sons vibratórios distintos e agradáveis, cria uma sensação de paz, harmonia e tranquilidade, quando ditas em ambiente consagrado às grandes reuniões, aos encontros, às artes, à música, às ciências, à caridade, atudo que traz à alma humana a satisfação, o prazer, o respeito, a consagração.
<><> Também a palavra tem a possibilidade de conduzir as ovelhas perdidas ao caminho certo. Mas também tem seus riscos. A palavra pode ser usada como uma arma, uma arma mais poderosa do que se possa imaginar. Ela pode agredir, pode ferir, pode até matar!
<><> A História está cheia de tragédias conduzidas por intermédio da palavra. É o rufião, é o revolucionário, é o ditador, é o atiçador de intrigas, de discórdias, das idéias falsas, da confusão, dos desmandos. Portanto, devemos tomar muito cuidado ao proferir certas afirmações que poderão ser tomadas em outro sentido. Pode ahver "ruido" no contexto de algumas sentenças, informações ditas às pressas ou de maneira descuidada.
<><> A palavra tem riqueza, tem poder, tem tudo para exprimir o que se possa imaginar. Mas a imaginação engana e a palavra também !
Portanto, é melhor seguir aquele conselho dito por alguém cujo nome não me lembro agora: " Deus criou o homem com dois ouvidos e uma só boca, para ouvir mais e falar menos"

Elma
Victoria Magna
Enviado por Victoria Magna em 24/05/2005
Reeditado em 22/01/2007
Código do texto: T19320
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Victoria Magna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
329 textos (130062 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:23)
Victoria Magna