Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um gesto de calor humano


A vida, por vezes, apresenta situações inesperadas, levando-nos a acreditar que nem sempre as flores fenecem, vislumbrando-nos um jardim colorido.
Ao acompanhar um colega de turma de meu querido neto, após a realização de um trabalho escolar em grupo, entregando-o a seu pai que o aguardava, jamais poderia imaginar a importância daquele momento, o qual ficaria marcado pela simplicidade, respeito, entendimento e, principalmente, pela valorização do comportamento humano.
Mais uma vez o jornal Folha Democrática, do qual me orgulho de ser um legítimo representante, proporcionou e consolidou a impressão vivenciada pelo Sr.Aldergan Pacífico, agora um novo leitor.
Nesta oportunidade, ainda um pouco emocionado pelo caloroso gesto humanitário do Sr.Aldergan, demonstrado através de singela poesia, a mim enviada, estou agradecendo-lhe, sensibilizado, pedindo a Deus que o acompanhe sempre, iluminando o seu caminho e abençoando aqueles que lhe são caros.
Muito obrigado companheiro, você, além de ser um pai extremoso, um poeta e escritor versátil, é também um exemplo a ser seguido, aqui nesta aplausível cidade serrana onde, como em qualquer lugar, o despeito e a inveja, quando presentes, sobrepujam o valor daqueles que se sobressaem pela capacidade e dignidade, cujo reconhecimento é visto apenas pelos inteligentes e humildes.
Demarcy de Freitas Lobato
Enviado por Demarcy de Freitas Lobato em 18/08/2006
Código do texto: T219768
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demarcy de Freitas Lobato
Miguel Pereira - Rio de Janeiro - Brasil, 75 anos
367 textos (105465 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:29)
Demarcy de Freitas Lobato