Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Medicamentos, nem sempre benéficos

    As drogas designam um assunto bastante conhecido pela população, visto que é possível aprender sobre elas através dos mais diversos veículos, tais como a televisão e panfletos distribuídos nas ruas. Mas geralmente é dada muita atenção somente a drogas como, por exemplo, o álcool e o tabaco, de maneira que as pessoas ficam pouco informadas sobre os medicamentos, também considerados drogas, que assim como o álcool e o tabaco merecem atenção e, além disso, também podem fazer mal à saúde.
    Muitas pessoas pensam que os medicamentos só podem fazer bem à saúde e que, ao contrário, por exemplo, da cerveja e do álcool, podem ser usados abusivamente e não possuem efeitos colaterais. Prova disso é que muitas delas tomam medicamentos à toa, por causa de uma mínima dor de cabeça, e muitas vezes, por preguiça de irem ao médico, ao apresentarem algum sintoma, fraco ou não, se automedicam, correndo, assim, risco de sofrer efeitos colaterais, muitas vezes graves, e até mesmo conferir resistência a micro-organismos patogênicos atuantes em seu organismo.
    Dados estatísticos informam que 12,5 % da população é dependente do álcool, o que claramente constitui grande malefício a sua saúde, já que ingerindo muito álcool contribuem para o desenvolvimento de diversas doenças, sobretudo hepáticas, visto que o álcool é metabolizado no fígado.
    Em contrapartida, é difícil encontrar dados que informem o percentual de pessoas viciadas em medicamentos, que os administram à toa e que se automedicam, podendo, assim como a droga anteriormente citada, prejudicar seu fígado e ainda outros órgãos. Pior, não se informa que os medicamentos, quando mal administrados, podem chegar levar a pessoa a óbito.
    Enfim, sem dúvidas é necessário investir mais na propagação de informação sobre medicamentos, drogas frequentemente usadas pela população, que dificilmente os enxerga além do benefício e precisa  entender sua maleficidade para, assim, evitar seu mau uso.
Thaiz Matos
Enviado por Thaiz Matos em 30/08/2013
Reeditado em 26/01/2014
Código do texto: T4458732
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Thaiz Matos
Praia Grande - São Paulo - Brasil
17 textos (1799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/14 01:29)
Thaiz Matos



Rádio Poética