Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOTO DE CABRESTO.



       EM TROCA DE "FAVORES", OS CORONÉIS EXIGIAM QUE AS PES-
      SOAS VOTASSEM NOS CANDIDATOS INDICADOS POR ELES. QUEM
      SE NEGASSE A VOTAR EM TAIS CANDIDATOS, FICAVA SUJEITO À
      VIOLÊNCIA DOS JAGUNÇOS OU CAPANGAS QUE TRABALHAVAM NAS
      FAZENDAS E ERAM "OS HOMENS DE CONFIANÇA" DOS CORONÉIS.
      ESSES JAGUNÇOS FORMAVAM GRUPOS ARMADOS QUE PERSEGUI-
      AM "OS INIMIGOS" DO CORONEL. CUMPRINDO ORDENS DOS FA-
      ZENDEIROS (OS CORONÉIS,COMO ERAM CHAMADOS),OS JAGUN-
      ÇOS PROCURAVAM CONTROLAR O VOTO DE CADA ELEITOR,POIS
      NAQUELA ÉPOCA O VOTO ERA "EM ABERTO" E NÃO SECRETO,ISTO
      É, O ELEITOR TINHA QUE DECLARAR PUBLICAMENTE EM QUEM ES-
      TAVA VOTANDO.ESSE "VOTO EM ABERTO",DADO SOB PRESSÃO
      FICOU CONHECIDO COMO "VOTO DE CABRESTO",EXPRESSÃO PO-
      PULAR QUE SIGNIFICA VOTO OBRIGADO,IMPOSTO PELOS CORO-
      NÉIS,CONTRA A VONTADE DO ELEITOR.
      ALÉM DO VOTO DE CABRESTO,ERA COMUM A PRÁTICA DE FRAU-
      DES PARA QUE SE GARANTISSE A VITÓRIA NAS ELEIÇÕES. DOCU-
      MENTOS ERAM FALSIFICADOS PARA QUE MENORES E ANALFABE-
      TOS PUDESSEM VOTAR E ATÉ PESSOAS QUE JÁ HAVIAM MORRI-
       DO ERAM INSCRITAS COMO ELEITORAS,URNAS ERAM VIOLADAS
      E VOTOS ADULTERADOS. MUITAS FRAUDES ERAM FEITAS TAM-
      BÉM NA CONTAGEM DOS VOTOS.
      ERAM PÉSSIMAS AS CONDIÇÕES DE VIDA E DE TRABALHO DAS
      POPULAÇÕES DO CAMPO.
      TROCA DE FAVORES- MÁRIO PALMÉRIO TRADUZIU MUITO BEM EM
      UM TEXTO DE FICÇÃO LITERÁRIA,AS PRÁTICAS DOS CORONÉIS
      EM RELAÇÃO AOS ELEITORES,PRINCIPALMENTE NO CAMPO,E AS
      ARTIMANHAS USADAS POR ESSES POLÍTICOS,PARA INTERFERIR
      NOS RESULTADOS ELEITORAIS. AO MESMO TEMPO NARRA A DIS-
      TÂNCIA QUE HAVIA ENTRE O MUNDO DO TRABALHO RURAL E O DO
      "CORONELISMO." (MÁRIO PALMÉRIO: VILA DOS CONFINS.RIO DE
       JANEIRO,JOSÉ OLIMPIO,1973).
       ATÉ NO MUNDO DE HOJE, EXISTEM AINDA RESQUÍCIOS DO "CORO
       NELISMO" NAS ZONAS RURAIS E PEQUENAS CIDADES DO INTERI-
       OR DO NOSSO BRASIL!
     
 
 
Maristela e MÁRIO PALMÉRIO.
Enviado por Maristela em 26/05/2007
Reeditado em 07/04/2013
Código do texto: T501660
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maristela
Cambuci - Rio de Janeiro - Brasil
1183 textos (206396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/11/14 07:53)
Maristela



Rádio Poética