Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Cavalo Negro
 
     Um empregado de mão cheia trabalhava em um campo aberto, arando a terra, plantando para sustentar a fazenda e principalmente sua família. O nome do trabalhador era Henrique e o sonho dele era ter um cavalo e participar das corridas que sempre assistia em sua cidade.
     O Patrão de Henrique (dono da fazenda) admirava o trabalho do moço: plantação grande e extensa, colheita aperfeiçoada, estoques grandes de comida, animais da fazenda bem tratados, etc. Um dia o fazendeiro decidiu premiá-lo com o tão sonhado animal, comprou um garanhão Negro com crina alta, rabo comprido, raça raríssima, um verdadeiro puro sangue.
     Depois que recebeu o presente a rotina de Henrique como jóquei começou. Semanas de treino e bastante suor. A vida entre o trabalho e as corridas estava bem difícil. Os dias foram passando, o homem e o animal de nome Relâmpago Negro se tonaram uma grande dupla.
     Alguns meses depois, venceram várias corridas, e ganharam muitos prêmios e numerosas medalhas. Mas, o que ele não sabia, é que algo ruim estava para acontecer na mais importante competição.
     O corredor classificado em quarto lugar ficou enciumado de perder as corridas, então, planejou vingança. No meio da corrida, o cavaleiro rancoroso sacou uma arma e atirou no peito de Relâmpago Negro. A dupla caiu na pista de corrida e Henrique desesperado tentou de todas as formas reanimar o pobre cavalo, mas já era tarde demais. Enquanto isso, o assassino saiu em disparada em seu animal e ninguém mais teve notícias deles.
     Descanse em paz, negro campeão!

Andreas Louis Cousin 7*AZ
Ilustração: Wend 9º Az 
Andreas Louis Cousin
Enviado por Escola Estadual Padre José Espíndola em 13/05/2017
Reeditado em 13/05/2017
Código do texto: T5997920
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andreas Louis Cousin,). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Escola Estadual Padre José Espíndola
Pimenta - Minas Gerais - Brasil, 83 anos
40 textos (2105 leituras)
13 e-livros (306 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/17 22:32)
Escola Estadual Padre José Espíndola