Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O lugar onde eu moro: Tereza Cristina

Talvez não seja o melhor, mas também não é nenhum ''buraco''.
Em torno das comunidades existentes, mais especificamente aquelas situadas no campo, são feitas diversas associações negativas como: lugar de atraso, ignorância, limitação e, a mais pejorativa de todas, ''buraco''.
A realidade histórica de Tereza Cristina é uma comunidade pequena que nasce a mais de 164 anos de um processo de colonização - financiado pela Imperatriz Tereza Cristina - que cria seu singularismo após a vinda de Jean Maurice Faivre, um médico Frances que em sua bagagem trás consigo também os ideais Utópicos. Sem filiar-se à doutrinas capitalistas, idealizava implementar um modelo próprio de sociedade que eliminasse o lucro, criava mecanismos de aprimoramento dos métodos de trabalho e gestão democrática que colocava como ponto alto o respeito dos vínculos sociais da família e os princípios morais, éticos e religiosos.
Tempos mais tarde também colonizaram aqui Ucraínos, Poloneses e Turcos.
O lugar foi o primeiro no Brasil a introduzir a ideia de Cooperativas, onde desempenhavam determinadas atividades para o beneficio comum de seus associados.
Mas a questão pertinente é que, um lugar historicamente tão rico, e no entanto, seja comparado à um ''buraco''. Temos aqui moradores que falam pelo menos três idiomas: português, ucraniano e polonês. Uma característica de países de 1º mundo.
É claro que nem beiramos a ''utopia'', assim como também sonhava Thomas Morus, principal referência de Jean Maurice Faivre. Ainda temos um longo caminho à percorrer.
Por riqueza devemos entender o conjunto da produção de uma sociedade. Cada povo tem sua forma especial de viver. Cada povo tem muito orgulho em exaltar aquilo que é seu e diminuir aquilo que pertence ao rival e ao vizinho. Enfim, cada povo endeusa seu passado, seus heróis e sua cultura.
Jayne Westphal
Enviado por Jayne Westphal em 15/05/2017
Código do texto: T5999890
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jayne Westphal
Cândido de Abreu - Paraná - Brasil, 20 anos
16 textos (379 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/17 14:22)
Jayne Westphal