Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*** Aprendizes Da Cidade De Itapeva ***

Por amar e me orgulhar tanto de minha querida cidade ITAPEVA, fiz em homenagem a ela esse texto.

Certo domingo, as amigas Pilar e Dulce estavam passeando pelo Calçadão Dr. Pinheiro da cidade de Itapeva - SP, quando se depararam com o Adão Jesus da Silva, auxiliar da loja de material para construção Cacique que logo lhes disse   "JESUS TE AMA MEU JOVEM". As amigas, não sabendo da história daquele homem, acharam que ele era louco. Mas lembraram de um dia na escola Dom Silvio Maria Dário que os seus amigos estavam falando do pobre senhor.
 - A história daquele sujeito é bem emocionante - disse Camila, uma amiga das garotas. Ele se libertou de um grande vício: a bebida alcoólica, e por isso, proclama o nome de JESUS para as pessoas provando que tendo fé em Deus, nada é impossível.
As amigas, logo continuaram o passeio, mas com uma lição para toda a vida: "Sempre ter fé em DEUS, porque para Ele nada é impossível".
Chegando a sorveteria Chocolândia, pediram um sundee de chocolate e creme, pois o dia estava quente e prometia muita emoção. Tomaram o sorvete e continuaram andando pela cidade, quando Dulce teve a genial idéia de irem visitar a Casa Transitória. Pilar adorou a idéia e já começou a andar depressa dizendo o seguinte para a amiga:
 - Vamos rápido! Temos que pegar nosso carro para não pagar muita Zona Azul!
O carro das garotas era assim: era um fusquinha pink, todo decorado com flores e luzes. Era bem dizer um luxo. Super chique.
Já chegando na Casa Transitória, as amigas tiveram uma bela recepção pelas crianças do abrigo. Passaram a tarde toda lá. Quando chegou a hora de irem embora, as crianças e elas ficaram muito tristes, mas prometeram um dia voltar.
As amigas pegaram o fusquinha e quando estavam passando na frente do supermercado COFESA, Pilar lembrou:
- Entre aqui no estacionamento, pois precisamos comprar algumas coisinhas como: Coca-Cola, bife, batata Ruffles, Sonho de Valsa e outras coisinhas mais.
Compraram então o que necessitavam e pegaram caminho de volta à casa. Pilar deu a sugestão de irem pela rua Mário Prandini, mas Dulce disse que era melhor irem pela Avenida Coronel Acácio Piedade, para chegarem mais rápido. Resolveram irem então pela avenida.
Segunda-feira na escola Dom Silvio, a professora de informática estava explicando sobre a história da cidade de Itapeva:
- Itapeva foi fundada em 20 de setembro de 1789 por Antônio Furquim Pedroso. A cidade era uma aldeia de índios catequizados e a atual Avenida Coronel Acácio Piedade servia como passagem obrigatória para os tropeiros. Itapeva teve também outros dois nomes: Itapeva da Faxina (até 1911) e Faxina (até 1938). Em tupi-guarani, Itapeva significa “Pedra-Chata”.  Na década de 40 foram descobertas ricas jazidas minerais em Itapeva, que lhe valeu o título de “Capital dos Minérios”.
As amigas, que simplesmente amavam a cidade, ficaram curiosas e queriam saber mais coisas sobre Itapeva, foi quando a professora deu a idéia de as alunas irem visitar a Casa da Cultura “Cícero Marques”. As meninas adoraram e assim que saíram da escola, foram direto para a Casa da Cultura que fica ao redor da praça central: A Praça Anchieta. As garotas aprenderam muito com essa visita, inclusive com o historiador Preto Mattos conheceram a lenda da serpente, que é mais ou menos assim: a cabeça da serpente fica embaixo da Catedral S’antanna e o seu corpo no Pilão D’Agua e esperam também, que você leitor desse conto, também tenha se divertido e aprendido alguma coisa sobre ITAPEVA.

Barbara Akemi
Enviado por Barbara Akemi em 05/10/2007
Reeditado em 14/10/2007
Código do texto: T682199
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Barbara Akemi
Itapeva - São Paulo - Brasil, 22 anos
28 textos (4332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:04)
Barbara Akemi