Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canavial de Ilusão!

O sol desponta no horizonte mais forte do que nunca.

Seus raios lentamente acariciam os rostos dos cortadores de cana, que simultaneamente se protegem com as mãos e braços cobertos por trapos.

Vida cotidiana, de longa duração, cuja lembrança se esgotou.

Pra eles o tempo não importa.
Sentem-se como esquecidos por Deus.

Suas mãos já tão calejadas, ainda sabem abraçar.
 
E de suas bocas seca pelo calor, ainda pronunciam palavras de amor para o seu amado ou amado, quando acaba a lida.

O trabalho parece até gratificante, apesar do sofrimento, do suor que parece derreter em suas faces.

Imagina-se que esse suor é doce como o caldo da cana que penetra em suas veias,
Pois ao cortar cana o dia inteiro, é como se adocicassem cada gota de sangue, cada gota de suor do corpo,

Tornando cada momento triste transforma-se em eterna felicidade, adocicando a vida desses trabalhadores dentro de uma triste realidade.

Melris
Marli Caldeira Melris
Enviado por Marli Caldeira Melris em 02/11/2007
Reeditado em 10/01/2009
Código do texto: T720954
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marli Caldeira Melris
Contagem - Minas Gerais - Brasil
1231 textos (545040 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 00:14)
Marli Caldeira Melris