Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino: Damasco


Entender é algo que não sei,
Conformar nem sempre é minha saída
Me perder é o meu cotidiano
E me achar, segundos em toda a vida.

Se calculo a imensidão de todo um dia
E não vejo objetivos deste mundo
Me despeço de mim mesmo e vivo Cristo
Oxalá fosse assim mesmo o tempo todo.

Não escrevo com firmeza o que digo
Pois perdido eu expresso paradoxos
Como pode alguém perder-se ante a Cristo
Que não se perdeu nem mesmo diante a morte?

Então confuso e realizado fecho o escrito
Que entendido ou não me traz alívio e paz
Na tentativa de dizer o inaudito
Me calo e parto em busca dos segundos mais.


Alexandre Fernandes


Alexandre Fernandes
Enviado por Alexandre Fernandes em 16/01/2006
Código do texto: T99396
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Fernandes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
59 textos (1989 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:02)
Alexandre Fernandes