Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gorgeios




Como uma esperada carta de amor, o álbum da dupla chegou-me  às mãos. Logo, a minha primeira impressão seria de regozijo. Sabia também que a paixão refeceria, assim esperei pelo amadurecimento.

A voz masculina é peculiar, angustiada. Foge do padrão Jerry Adriani, que atuais roqueiros e  alguns saudosos, consagraram.
Marcoliva é único. Seu dedilhar, limpíssimo. Tattiana baile nas cordas vocais como uma `Giselle´  diáfana. Falar dos vocais seria chover no molhado. Portanto o hardware da dupla é perfeito.

Arranjos soltos e em algumas canções, uma certa requintada ousadia. Se ouve um solo à la Lew Sollof, do inesquecível Blood Sweat and Tears e slaps de Stanley Clark e Joco Pastorius.

Com tal harmonia, "Parceiros" se junta à Tribalhistas ou mesmo a um Itamar Assumpção mais soft.

Destacar essa ou aquela música não fará  jus a excelente obra de Tattiana e Marcoliva. Não tente dançar. Tenha uns bebericos à mão e o ser amado do lado (contanto que ele/ela  fiquem silenciosos) e voce terá um daqueles momentos em que uma déllicatesse feita em casa será mais lembrada que uma iguaria de um grande chef.

Parceiros não se abandona a nenhuma orgia de cores regionais. .O que há de ecletismo é a tonalidade certa ao gosto dos dois colibris.

Os bebericos acabam. Mas a música ainda soa.
Raferty
Enviado por Raferty em 21/11/2007
Código do texto: T746127
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raferty
Santos - São Paulo - Brasil, 58 anos
76 textos (12935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 01:34)
Raferty