Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indisciplina


SOUZA, Rita Cristina M. de Indisciplina: reflexão do fenômeno na sala de aula. PGP / Lidere em Destaques, Salvador, V. 1, p 32 – 39, set/dez, 2001



         Independente de classes sociais, a indisciplina tornou-se universal e vem preocupando pais e profissionais de educação. Com isso, fica cada dia mais difícil a interação na sala de aula, dificultando o ensino – aprendizagem. A indisciplina está visível no nosso dia-a-dia, não podendo ser negada, devendo ser transformada. É na família que se dá as primeiras interações para a construção da cidadania. Existem três tipos de pais: os autoritários, os permissíveis e os democráticos. Às vezes, ocorre do pai ser autoritário e a mãe permissiva, gerando confusão de referência na criança. A falta ou excesso de limites provoca desajustes no comportamento das crianças. O educando indisciplinado deixa transparecer nos primeiros dias de aula. Ele gosta de chamar atenção, sendo esse comportamento considerado inconsciente, característico de quem está pedindo ajuda. O aluno disciplinado não é aquele calado e quieto; mas o que participa da aula, é solidário e autônomo. O educador para lidar com a indisciplina tem que ter noções básicas de algumas ciências, ser equilibrado emocionalmente, não ser impulsivo, ser justo e ter bom humor. A educação é um processo no qual não se pode esperar mudanças de imediato. O importante é iniciar com pequenas quantidades e transmitir aos demais.

Ângela Machado
Enviado por Ângela Machado em 23/11/2005
Código do texto: T75262
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ângela Machado
Salvador - Bahia - Brasil, 58 anos
7 textos (1647 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:53)
Ângela Machado