CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

As Coisas - Arnaldo Antunes

As Coisas, Arnaldo Antunes, Editora Iluminuras, 2006. Este é o terceiro livro do autor. Um livro infantil? A princípio pode parecer, já que foi  feito especialmente para a sua filha, Rosa, que colabora  com alguns desenhos.  Mas é muito mais que isso.  Nele, Arnaldo Antunes mistura  prosa e poesia e, em linguagem infantil, faz descrições e comparações  dos objetos do cotidiano, que, vistos por sua lente sensível e criativa, se agigantam, espantam e levam a reflexão:

“O corpo existe e pode ser pego. É suficiente opaco para que se possa vê-lo. Se ficar olhando anos você pode ver nascer cabelo. O corpo existe porque foi feito. Por isso tem um buraco no meio. O corpo existe, dado que exala cheiro”(...).

(...)” Passarinho  é só escutar. Não conversa com S. Francisco. Nem atirar de estilingue com pontaria infalível. Passarinho não precisa dar de mamar. Passarinho é só escutar”(...).

(...)“Todas as coisas do mundo não cabem numa idéia. Mas tudo cabe numa palavra tudo.

Com jogo de palavras, o autor cria inusitadas imagens poéticas: : “ O sol vai embora de noite e volta quando a noite vai embora e vai embora quando a noite volta e dá a volta durante todo o dia atrás da noite de ontem”.

Com deliciosa musicalidade, seu texto apresenta uma leitura prazerosa que prende o leitor. É o tipo do livro que se lê de um fôlego só.

Arnaldo Antunes  integrou grupo Titãs de 1982 a 1992. Além de músico, publicou outros livros de poesias: Ou/ e (1983), Psia  (1986 ), Tudos (1992). Participa de exposições de poesia virtual e realiza experiências com poesia digital.



Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 17/06/2007
Reeditado em 16/07/2007
Código do texto: T530217

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 57 anos
1201 textos (124438 leituras)
11 áudios (1562 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/14 07:36)