Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar

Compartilhando trechos do
Livro - O Mestre dos Mestres, do Autor - Augusto Cury - Médico, Psiquiatra, Psicoterapeuta e Escritor Brasileiro.

Gosto muito das obras desse autor, e, se a teoria abaixo é uma verdade, entendo que existe assim um conflito entre o que somos - seres limitados, e o que necessitamos - amar e ser amado permanentemente. 

“Ninguém consegue preservar qualquer forma de prazer nos mesmos níveis por muito tempo. 

Ao longo dos anos pelo processo de psicoadaptação, o amor diminui invariavelmente de intensidade, se tudo correr bem, será possível substituí-lo paulatinamente pela amizade e pelo companheirismo.

A psicoadaptação é um fenômeno inconsciente que faz diminuir a intensidade da dor, do prazer ao longo da exposição de um mesmo estimulo.

Uma pessoa, ao colocar uma foto na parede, a observa e a contempla por alguns dias, mas com o decorrer do tempo, se psicoadapta à sua imagem e pouco a pouco se sente menos atraída por ela.

O mesmo pode ocorrer com a afetividade nas relações humanas. Com o passar do tempo, se o amor não for cultivado, nos adaptamos uns aos outros e deixamos de amar.

A energia emocional não é estática é dinâmica.
Ela se organiza, se desorganiza num fluxo vital continuo e ininterrupto. Nossa capacidade de amar é limitada.

Amamos com um amor condicional e sem estabilidade.
As frustrações, as dores da existência as preocupações sufocam os lampejos de amor que possuímos.

Portanto, o segredo do limitado amor humano nem sempre esta em conquistá-lo,
mas em cultivá-lo.

Apesar de todas as limitações da emoção de criar, viver e cultivar uma esfera de amor, amar é uma das necessidades vitais da existência:
Quem ama vive a vida intensamente
Quem ama extrai a sabedoria do caos
Quem ama tem prazer em se doar
Quem ama aprecia a tolerância
Quem ama não conhece a solidão
Quem ama supera as dores da existência
Quem ama produz um oásis no deserto
Quem ama não envelhece, ainda que o tempo sulque o rosto
O amor transforma miseráveis em ricos
A ausência do amor transforma ricos em miseráveis
O amor é uma fonte de saúde psíquica
O amor é a expressão máxima do prazer e do sentido existencial
O amor é a experiência mais bela, poética e ilógica da vida
Cristo discursava sobe a revolução do amor..."

Lilicadf
Enviado por Lilicadf em 21/10/2007
Reeditado em 21/10/2007
Código do texto: T703411

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lilicadf
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 53 anos
78 textos (15032 leituras)
3 áudios (3058 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 04:53)
Lilicadf