Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANSEI...

Cansei de teu mar... De tuas ondas de hipocrisia...
Parto. Vou achar um porto onde ninguém me alcança!
Tuas águas me enojaram qual densa maresia
a invadir meus sentidos em mórbida aliança!

Vou . Inda me sobra uma réstia de esperança
e minh!alma não suporta tanta aleivosia!
Cansei de teu mar ...De tuas ondas de hipocrisia...
Parto. Vou achar um porto onde ninguém me alcança!

Fui timoneiro da tua barca de tirania.
Ah! que vaga malfadada és tu que me lança,
a todo instante  no oceano de tua vilania?
Ah! não  velejo mais contigo nesta andança!
Cansei de teu mar... Te tuas ondas de hipocrisia...

08.10.06

Midi: Mariage D!Amour- Clayderman
Em http://www.nelsonmedeiros.prosaeverso.net

Protegido pela Lei dos Direitos Autorais- Ao republicar, citar a fonte.
Nelson de Medeiros
Enviado por Nelson de Medeiros em 08/10/2006
Reeditado em 08/10/2006
Código do texto: T259661

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson de Medeiros
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
493 textos (66366 leituras)
11 áudios (2996 audições)
1 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:35)
Nelson de Medeiros

Site do Escritor